Monday, June 29, 2009

Marcelle Safadinha

Não dormi de novo. Já são quatro dias.

Também não cago, meus cabelos andam caindo demais e minha pele está um nojo, principalmente no nariz. Não me animo com nada, nem pra me masturbar, ato tão freqüente.

Decidi batizar a pele excedente que pende ridiculamente da minha barriga de Marcelle. Eu e Marcelle não temos nos dado bem ultimamente.

Certo dia, um garoto resolveu do nada me dizer que se ele fosse tão feio quanto eu, ele se mataria pulando da janela. Nós nunca tínhamos nos falando antes na vida, mas ainda assim ele resolveu me falar isso. Era normal me odiarem na escola. Eu tinha diversos apelidos, as pessoas apontavam e riam e foram nestes seis anos de inferno que Marcelle apareceu.

Desde então ela tem sido freqüente na minha vida em todos os momentos em que eu gostaria que ela não estivesse. Lembro me bem de como me preocupei com ela no meu primeiro beijo, na minha primeira vez... Ontem... Ela vem me acompanhando sempre, cheia de escárnio e sinismo. Essa parasita que se alimenta das minhas desgraças e frustrações. Vadiazinha barata!

Todos os dias ela faz questão de me dizer a que veio, balançando ridícula lá embaixo. Dobrando-se, contorcendo-se, dizendo-me que eu nunca vou conseguir. Já a xinguei, já ameacei, já cheguei até a agredi-la, nada adiantou.

Ontem, quando eu pensei em tomar banho de piscina ela riu. Ela riu e disse “você tem certeza disso”? Eu não consegui e fui embora. Ela me humilhou e me fez voltar para casa triste.

Ela adora isso, a putinha, Marcelle Safadinha.

Um dia vou arrancá-la de mim, sem piedade, sem dó. Vou matá-la e fazer parecer um acidente, joga-la num lago ou num carro em chamas.

Mas ao pensar nisso eu percebi que agora, talvez seja um pouco tarde. Marcelle já não está só na minha barriga. Ela está dentro de mim, me corroendo, me destruindo.

Marcelle é a minha alma!

20 comments:

Gato de Cheshire said...

Agora vc vê... Era só uma pelanquinha... Virou a sua alma... A la Michael Jackson... Que Deus o tenha e bom lugar, afinal.. Ele por si só acabou sendo seu maior castigo.

bjinhu

Paulo Braccini said...

mate esta vadia q vive dentro de vc ... e ressurja como uma fênix para uma boa trepada ou pelo menos para uma gostosa punheta ... pronto falei ...

um bjo quietinho . quietinho ...

;-)

du said...

.o que seria de nós sem o inferno que criamos?

.abraço.

Gabriela said...

Dá um jeito nessa Marcelle não deixe que ela te engula!!! mas entrando em contradição acho que tb tenho uma marcelle em mim...

beijo grande, adoro td q vc escreve.

RP said...

Ai que triste!!!

A pergunta que me toma: O que você está fazendo pra mudar isso tudo?
Terapia, malhação, plástica, grupo de apoio... enfim... ficar parado esperando a piedade do mundo é que não pode. Certo?

O MUNDO É MALLLL!!! Dá na cara dele senão ele dá na sua.

Alan said...

"Marcelle é minha alma" Senti um quê de Edgard Allan Poe nisso... E todos nós temos nossas Marcelles em nós; só nos cabe destrui-las. Ou não. =/

Abs!

Déia said...

O que? vai deixar uma barriguinha acabar com seu humor..nem sei se vc tem humor...quer dizer, humor tem, só não sei se é bom..
Levanta essa cabeça, arruma esse corpo, ginástica, alimentação, limpeza de pele...
Vamos lá, coragem, vc precisa se cuidar e mandar esse povo todo pra aquele lugar, sabe?
É hora de ser feliz!
Se precisar de uma força, tamos aí! bj

Mauri Boffil said...

pensei que Marcele fosse uma solitária...
Abração

V. Martins said...

Ai, dels. Sempre pense o seguinte: EXISTEM PESSOAS MAIS GORDAS.

Foi assim que eu pensei a vida toda. Exceto na 6ª série, onde eu REALMENTE era o mais gordo da escola ¬¬'

E, pense pelo lado positivo!
Você tem braços bombadinhos *-*

Vai passar, Bruno. Vai passar (:

Henrique Monteiro Alive said...

Confesso que odeio o modo lindo como tu escreve. Sério, chega me dar inveja o modo descolado como tu constrói teus contos, como quem não quer nada, levando a finais tão gostosos de ler.
Ainda guardo a sensação de quando li o texto que terminava em "é doce morrer no mar" (algo assim) comigo.
Eu me prendo tanto às leis que criei pra minha própria escrita, que perco essa simplicidade que vejo aqui, que cativa a gente.

Vá se ferrar, que eu odeio elogiar os melhores do que eu!

Gay Alpha said...

Recebi teu mail. Gostei e responderei! E cuidado com a Marcelle, viu? Hehehe!!!
O filme 13 é ótemooooooo!!! Depois da gincana te conto qual é!!!! Hehehe!!!!! Hugzzzz!!!!

Candy said...

Corta a vadia!
Atire na vadia!

Já sei. XD

Corte a vadia e depois atire na vadia. XD

Gusta Fernandes said...

MAAAATA A MARCELLEEEE!!!

se você consegui mata-la me avise como fez isso.
Vou matar minha Cintia!

kkkkkkkkk

abraço!

Matheus Macedo [мм] said...

Você precisa se animar!

Se você tem uma Marcelle, eu tenho o Caio e a Dani, minha barriga e minha bunda.

Já to começando a cumprimentá-los do jeito que tu faz com as baratas.

Beijos, MM.

Arsênico said...

ah meu béim... entÓn preciso arrumar um nome pra minha... já me acompanha a uns meses... e olha que não é discreta... nenhum pouco... pra se ter uma ideia... pulei dos 68 por 84... imagine agora...

é fase quiridjo... uma dia vc consegue arrancá-la de dentro de vc... só espero que não seja dentro de um lago ou num carro em chamas...

***

umBeijo!

Paulo Leite said...

Campanha: todos por um mundo livre de Maecelle Safadinha!

Serio cara, vou te dar uma dica, mas não deixa a Safadinha ouvir. "Academina!"
Esse é o segredo! A Marcelle da barriga não vai suportar e vai em bora dai com ela vai o baixo astral. Depois é só vc começar uma reforma geral na alma que tudo dá certo (y'

E não, eu não sou psicologo :D²

Omeninoquebebedetergente said...

hahahha!!!
adoro vc!!!
vamos amadurecer a idéia mesmo hein Bruno!!!( com cara de sério) adoro vc !!! sou seu fã!!!
posso criar um fã clube??? brincadeira!!!

beijão! a gente se fala!!!

Philip Rangel said...

Hahahaha..........volte e nao isole nao oww........
entre o bem e o mal a resposta certa...

abraçaooo

FOXX said...

sabe q já aconteceu o mesmo comigo?
um garoto chegar do nada e me dizer isso?
duas vezes, uma eu sentei e chorei, literalmente; a segunda, eu virei a minha cerveja na cabeça dele...

Cain Sodom said...

Ah, bem... 5mil pilas na mão do açougueiro formado, ele te põe no espeto e puf! Adeus Marcelle!

É claro que depois, vc tem que fazer o contrário que o teu brain mandar! Lacrar a Bocelli (a boca comedora) e jogar a chave fora! (de preferência em águas profundas)