Wednesday, March 23, 2011

Monstros em fila.

Nesta nova temporada do mundo onde o bonito é ser feio eu ainda não sei bem como agir perante certas situações.
Em uma tentativa desesperada de se redimir da culpa, seres humanos preferem se auto denominar monstros, canibais, robôs, qualquer coisa que os faça sentir menos cúmplice de toda a destruição e devastação e idiotice do mundo.
As pessoas deveriam ser mais infelizes que eu.
As pessoas deveriam ser mais que eu.

As pessoas se colocam em fila e se submetem a humilhações diárias em filas de banco, ônibus lotados e sol escaldante.


Monstrinhos em fila!

No meu tempo havia uma competição para ver quem seria o mais bonito, o mais sarado, o mais rico, o mais popular. Acho que hoje, nada mudou, apenas o objetivo do jogo foi invertido. Ser “você mesmo” hoje é um requisito tão importante que em qualquer sinal desvirtuamento você será o perdedor e o excluído.

Pensem bem se isto está valendo a pena.
Aparentemente segregar faz parte da natureza humana. É triste.

Eu prefiro copos de cerveja do que gente na grande maioria das situações.
Fim.

1 comment:

hpaulista said...

poxa, nao entendi...
abç