Wednesday, February 11, 2009

Para o gordinho forte da academia.

Querido gordinho forte da academia.
Você me magoa profundamente quando vira para olhar para aquela mulher cor de laranja [By Luiz] com cabelos obviamente loiros demais, alisados demais e muito, muito vulgar.
Isso me ofende principalmente porque eu sei, que pela mesma razão pela qual você a olhou, ela jamais olharia para você, só que você está do lado oposto da situação. Ora, você a olhou pelo mesmo motivo pelo qual ela nem te notou.
Siga o meu raciocínio. Ela é uma pessoa que já terminou. Ela sabe exatamente o que está fazendo e está bem ciente do que vai acontecer; ela malha simplesmente porque ela sabe que ela é só aquilo que você enxergou: uma bela bunda. Ela sabe que ela vai ter que manter aquilo ali durinho e em cima por muito tempo, para que algum homem laranja, de óculos de sol brega, semi bombado com buxinho de cerveja e que tira fotos fazendo o hang-loose com uma mão e segura uma cerveja na outra, possa um dia cometer o erro fatal de casar-se com ela sem ter percebido que não a conhecia de maneira nenhuma, já que ela é só e somente uma boa bunda. Ela vai ter filhos e aquela bunda vai cair, ela não vai ter mais tempo para nada nem pra ficar horrorosamente cor de laranja, nem pra tingir os cabelos de puta, nem para malhar. O marido, Sr. Hang Loose, vai cobrir as tatuagens, deixar de ser laranja, perder tudo o que tinha de bombado e aumentar o buxo. Ele vai trabalhar e não vai ter tempo para comê-la; o que na verdade ele nem quer, se ele soubesse que ela ia virar aquela bruaca não tinha casado, mas quem diria.... Um dia ele; como qualquer outro homem que olha para uma mulher daquelas, irá trai-la com uma mulher novinha e baixinha, pois elas são sempre baixinhas e novinhas.
Então não olhe pra ela, você sabe que vai dar em merda. E outra, você sabe que ela não vai nem te dar porra nenhuma porque ela é gostosa e você é gordinho. Não olhe para uma puta tão feia e vulgar.
Eu fico te olhando o tempo todo porque eu, EU,te acho incrivelmente lindo e EU te daria amor, eu te faria amor, e nem me incomodaria com a sua barriguinha. Eu queria os pelos do teu peito se misturando aos meus, eu queria a tua saliva se misturando na minha, eu queria o teu corpo se juntando ao meu! Eu aposto que ela nem te daria aquele rabo imenso, ela só te daria a buceta e nunca saberia o que é um orgasmo. Ela só te daria porque na cabeça dela ela sabe perfeitamente bem o que ela tem que fazer para conseguir uma pensão. Aposto que ela nem chupa!
Eu te daria amor, eu te daria carinho, eu te esperaria chegar para o almoço, folgar a gravata, jogar o paletó em cima do sofá, daí eu te dava um abraço, daríamos um beijinho, eu te olharia nos olhos, apertaria teus ombros e diria: “Vem amor, fiz comida pra você. Come, depois vamos pra cama descansar, tu me conta como foi o teu dia”. Você acha que ela faria isso? É claro que ela não faria! ELA É SÓ UM RABO! Um belo de um rabo eu sei, mas a verdade é que rabos não falam! Ela não te dirá uma palavra que preste! Pergunte para ela o que ela acha sobre qualquer coisa, qualquer uma mesmo, ela vai dar um risinho de peido e vai dizer com uma voz de cu condicionado a ser dado que “não presta muita atenção nisso”.
Me pergunte. Me pergunte qualquer coisa, pode ser até sobre aqueles joguinhos on-line que eu sei que você gosta, ou mesmo sobre as séries da academia, sobre seriados idiotas ou mesmo sobre o panorama da literatura Russa do século 17. Me pergunte. Fale comigo! Me olhe nos olhos, me deixe te olhar!
Apenas nunca! Nunca vire de lado para olhar para aquela vadia imunda!

1,2,3,4,5,6,7,8,9,10... Mais duas séries...

21 comments:

Cais da Língua said...

Booooooaaaaaaaa!
Amor platônico?
ja passei por isso
=/

said...

Pode falar palavrão?

FODA!

Ih, não podia?
Já era.

Amei, amei, amei. Voltarei sempre, sempre.
Você me ganhou.

Beijo meu, na ponta do nariz.

Zek said...

Você como sempre escreve com o coração... com o tesão.... com a consciência.. mesmo quando você está bravo ou triste é lindo e suave te ler.

PS: rsrsr aquele meu post na verdade é a conclusão de algumas cabeçadas que ja dei !!

Mauri Stern Boffil said...

Caraca! Adorei... Juro, li e revi a história minha e do menino bonitinho (que também é gordinho e fofinho) da academia! Mas, vá entender os hormonios desse pessoal...

Alberto Pereira Jr. said...

genteee adorei!
já falei né? adoro seu texto!!!

vai a luta e conquiste o gordinho!

JOÃO said...

adoro gordinhos!
uma dica: cuidados com heterossexuais, só nós fazem sofrer...
abs

vanessa lopes said...

adoro o jeito de vc escrever...
te amo bru..

Gay Alpha said...

O que não vai faltar são candidatos a gordinhos... hehehe!!! Retribuindo a visita e agradecendo seu comment! Volte mais vezes. Pois eu voltarei! Achei muito pertinente seu comentário lá no blog! Curti! Abraços!

Adler Lima said...

Amores platônicos de academia são os mais fodas. Afinal, vc quase nunca sabe algo mais relevante sobre o cara(a não que faça amizade com a moça da recepção!). E quando acha um ponto em comum, a coisa não engrena, pois aquilo nada mais é coleguismo de academia. Pulei fora qdo vi que as coisas não iam mais adiante.

Kazé said...

Ah se fosse comigo...
Risos.
Beijos.

Jarbas said...

você é deliciosamente visceral.
[adoro!]

___________________________________


você sabe em qual faculdade a Rebeca e o Rubens fazem moda?
ah, se precisar de qualquer coisas é só falar.

abraços.

Dani Ribeiro said...

me sentí o gordinho... mas queria muito conseguir pensar que existe algum "voce" na minha vida...

um breve momentinho de solidão...

um beijo lindo!

Beto said...

Fazia tanto tempo que não passava aqui!
Eu queria te dizer que tenho um amor platônico por você!

,,,

Zephyr said...

moral da história: laranja não é lá uma boa cor para se usar e as piriguetis de academia sao sempre as pioress !

;P

Jack said...

mudei de msn, deletei orkut. vou te add no novo!

Homossexual e Pai said...

sugiro que mande fazer uma camiseta para malhar - POSSO TE FAZER MAIS FELIZ QUE A RACHA, PERGUNTE-ME COMO!

Uillow said...

Citando o comentárioa cima, pois concordo PLENAMENTE: "sugiro que mande fazer uma camiseta para malhar - POSSO TE FAZER MAIS FELIZ QUE A RACHA, PERGUNTE-ME COMO!"

Abração!

Sunflower said...

HAHAHAHAHAHAHAHA
AAAAAAAAAAAHAHAHAHAHAHAHAHA

Vamos combinar que essas cartas pras pessoas que nunca vão ler são as melhores do mundo todo!

beijas!

Espartacus said...

Definitivamente, um de seus melhores posts.

Li e fiquei petrificado.

Vá fazer Letras e vire escritor.

Beijão!

Rafael Morello said...

É querido.. há gordinhos fortes de acdemia que não sabem o que estão perdendo.. Bj

Luana* said...

D: AAh poxa, nem eh hetero? *desperdicio*~

Conquistou o gordinho?