Tuesday, September 16, 2008

Para o retorno de Xavier.

Eu não estava preparado meu amor.
Não estava preparado para dormir com você e os pelos do teu peito como se nada tivesse acontecido. E realmente, nada aconteceu.
Besteira minha esse tempo todo.
Tanto tempo pra te esquecer e quando eu finalmente consegui você volta e tudo, ou quase tudo volta. Besteira minha.
Eu quero que você saiba que eu não estou preparado. Eu estou com medo. Mas é normal.
Eu quero você e eu quero muito.
Eu morro de ciúmes quando você olha pro lado, ou me fala das suas aventuras. Eu fico com raiva e me vingo contando das minhas aventuras e olho pros lados.... Besteira minha, infantilidade ridícula minha. Saiba que sim! Eu tenho ciúmes e eu sou inseguro. Talvez um pouco mais seguro do que da ultima vez, mas ainda assim, inseguro.
É como se você fosse melhor que eu em tudo que eu deveria ser o melhor.
Tive medo de você com meus amigos, você é tão mais inteligente.... Ainda bem que; ou eles não ligam pra isso, ou realmente me amam.
Medo!
Medo sim!
Não estou pronto mas vou arriscar! E se tiver que passar por tudo aquilo de novo eu passo! Vale muito a pena!
Amo o jeito que você vira a minha vida de cabeça pra baixo e de repente estamos de cabeça pra baixo numa galeria vivendo um filme B.
As minhas expectativas são de que as coisas continuem assim.
Mas sem magoas. Sem exageros [meus, que fique bem claro] e com muito respeito mutuo.
Favor ser mais discreto ao olhar pro lado, ou ao comentar sobre um homem gostoso, eu sou ciumento e possessivo. [Se é que eu posso pedir alguma coisa].
Mas ganho o mundo quando você me chama de namorado e me sinto bem.
Nós dois deitados nus, no calor infernal daquele hotelzinho barato, que tinha os lençóis podres, as toalhas furadas, o banheiro sem porta, o papel higiênico regulado pela recepção e um quadro horroroso que balançava em cima da gente e eu pensando, isso tudo é muito bom!
Eu sentindo o teu sabor nesse hotelzinho barato e pensando que isso tudo é muito bom e surreal.
Eu não estou pronto meu amor.
Mas se estou tendo mais uma chance dessas eu digo de novo pro mundo: Bring it on bitch! Posso não ser o melhor na luta, posso morrer, mas te arranco uns dente, VADIA! A vida já me derrubou mil vezes, mas eu sempre volto, melhor e mais forte. Nunca bom o suficiente, mas eu volto! E bato, e apanho e sempre me quebro no final, mas me recupero e luto, tudo de novo.

Eu só quero é me sentir seguro do seu lado, nesse filme B, adaptado de um livro que eu ainda vou escrever.

15 comments:

jhulyjohns said...

Nossa! Quantos anos você tem? Você escreve tão bem!!! Adorei seu blog!

obs.: tua descrição no teu perfil é muito engraçada! hahahaha!

Little Pet said...

pelo titulo pensei q era algo sobre x-men. Mas no decorrer do texto a coisa foi crescendo e o roteiro deste filme b aparecendo. mega adorei o post, o blog, ...

bjus

Tiago Soarez said...

O mais importante é se recuperar e ir em frente.

Adorei sua visita no Bossa!

E adorei voltar aqui e ver que seu blog está evoluindo mais e mais!

Abração!

Bossa Nova Café - textos, música e arte!

Uillow said...

E tá arriscando ou não tá preparado MESMO?

Abração!

PS: Tu tava sumido!

Zek said...

Cara, que post show de bola... e você ainda sente inveja de min.. vc foi muito fundo nos sentimentos agora.

Só amando muito para aguentar a barra de hotelzinho barato etc etc e etc, e só amando muito a vida a gente consegue cair, levantar, se recuperar ..

Vou fazer um poema inspirado no teu post, te aviso quando eu publicar.

abração.....

Jarbas said...

me sinto tanto você.

alvarêz dewïzqe said...

a paixão deixa a gente assim, reféns dessas bobagens incontroláveis... but, keep on movin...

David Bertoldo said...

Nuuus, que texto mais apaixonado.
Adorei. ^^

David Bertoldo said...

ops, e obrigado pela visita lá no meu blog blog. ^^

MANS / ANDRÉ said...

boquiaberto!!

Tanta Coisa! said...

Devo confessar: Adoro isso aqui! Leio, olho pela janela e percebo movimentos antes insuspeitos: é a vida. E você está cheio dela. Aproveita. Bj

Sunflower said...

meu, eu sou cheia de nove horas e fiquei com nojinho dese hotel. Vai no meio da rua mas papel higienico regulado nao dá.

beijas

Léo said...

Que texto apaixonado!

Muito bonito! ^^

=D

Râzi said...

Bruninho... que post lindo!!1

Meu amor, vc tem dom pra poesia e lirismo! Vc tem um Q de tragédia que dá um encanto a mais a tudo que vc escreve!!!

E meu amor, boa sorte pra ti!

Beijão!

Katia_magaly said...
This comment has been removed by the author.