Tuesday, May 15, 2007

Certo dia...

Já te falei que sou louco por chá? Pois é! Sou louco por chá. Todo dia eu tomo pelo menos uma xícara de chá verde, nada muito britânico, até porque eu tomo chá de noite, e não as cinco da tarde e eu não misturo com biscoitinhos.
O chá não te deixa doidão, mas te deixa mó relax, dependendo da erva, essas coisas que nem sei explicar.
Mas a coisa aqui é que um dia eu fui pegar uma colher de chá, pra tomar chá, óbvio! Só que ai eu percebi que a colher de chá estava um pouco maior, e olha que eu conheço os talheres de lá de casa. Minha mãe ganhou o conjuntão de talheres de inox [acho] no casamento dela com meu pai e eles já estão casados há 25 anos! Ou seja; os talheres são mais velhos do que eu!
Ainda assim ignorei a colher crescida, pensei que ao invés das colheres de chá eu tinha pego uma de café [existe? Tem diferença?] e fui tomar meu chá.
No outro dia na hora do chá, eu fui pegar a colher de novo, ai eu percebi que a colher de chá já estava maior ainda! Ignorei de novo, achei que o chá estava me fazendo mal.
Até o dia em que eu fui pegar uma colher de sopa, e tirei um colherão! Fui tirar um colherão e tirei uma pá de construção! Fui tirar um garfo e tirei uma coisa que mais parecia o tridente de netuno [se tivesse três dentes]. Fui tirar uma faca e tirei uma espada medieval!
Um dia os talheres não estavam mais cabendo na gaveta, ai agente tirou e colocou no armário. Não dava mais pra comer com eles, daí a gente estava colocando muita farinha nas coisas pra comer com a mão.
Outro dia, os talheres já não estavam mais cabendo no armário, daí a gente tirou e encostou num canto da cozinha.
A noticia se espalhou e a gente foi parar no jornal local, e no nacional com a mesma matéria sobre os talheres cheios de hormônios. Uma siderúrgica quis comprar os talheres para fazer placas de inox [acho], mas a minha mãe deu escândalo porque foi a mãe dela [minha avó] quem deu os talheres, meu pai ficou puto! Realmente; pra quê guardar talheres gigantes? Aliás, a gente já estava sendo cotado para o livro dos recordes!
Depois de muita conversa, meu pai convenceu a minha mãe a vender os talheres para a tal siderúrgica. Com o dinheiro eles compraram um novo conjuntão de talheres de inox [acho] e um carro pro meu irmão e pra mim.
Voltei a mexer o chá! Eu não coloco açúcar nem nada, mas quem toma chá sabe que é bom dar uma mexidinha ali sabe? Eu tinha tentado de tudo pra mexer o chá, queimei até a ponta do dedo! Foi terrível!
Mas ai um dia eu fui pegar a chaleira e ela estava um pouco maior...

1 comment:

aline said...

ihh acho que essa erva tá estranho viu!