Tuesday, May 06, 2008

O cubano e o Mendigo

Cheguei na casa de um amigo meu que eu não via há muito tempo e descobri que ele não estava lá. Por sorte ele mora na ponta verde então resolvi dar uma volta na praia pra passar o tempo. Estabeleci uma meta. Eu iria até o posto 7 comprar cigarros e cerveja e ficar por lá.
A porra do céu estava nublado e eu pensei “merda, vai chover”. Continuei andando. Na minha frente mil casais branquelos e magrinhos e jovens e bonitos e perfeitos me davam nojo e náusea, mas resolvi não me importar e segui em frente.
A medida que eu ia andando, o céu se abria, como num filme, ou num clipe da Mariah Carey. O dia estava pra mim! O dia era pra mim! Eu estava confiante e feliz e pensando na vida.
Enquanto seguia em frente, pensava se devia seguir em frente na vida. Devia. Sabe como a vida é linda? A vida é a coisa mais importante que eu tenho! Então eu vou seguir em frente! E fui!
No caminho percebo que as pessoas me olham. Ok... Alguns me odeiam, outros me querem. E quem me conhece sabe que eu não me acho, muito pelo contrário, eu me esculhambo e quer saber? Cansei disso também!
Comprei meus cigarros e minha cerveja e pela primeira vez em muito tempo eu me curti. Sei que de uma forma prejudicial, mas me curti de verdade e pensei “eu sou o que eu quiser ser, quando me der vontade de ser. E quem quiser que se foda”. Um imbecil começa a me seguir! FDP! Gordo, careca e me seguindo loucamente com um carro. Acendi um cigarro e fiz cara de blasé pra ele ir embora. Deu certo.
Ao andar na rua fiz amizade com todos os hippies que vendem pulseirinhas e fui ignorado num bar. Fiquei de olho num cara, mas depois deu no saco e eu me mandei.
No meio do caminho pedi fogo a um cubano que conversava com um mendigo. O cubano me disse que passou muita fome por lá e que as vezes passava o dia com uma goiaba no bucho. O mendigo me contou que se perdeu no crack e que estava arrependido. O mendigo comia muitas argentinas e rodou o Brasil todo! Foi pro Rio de Janeiro e conheceu o pessoal da malhação. Putaquepariu! Eu quero rodar o Brasil todo! Não faço a menor questão de conhecer o pessoal da malhação, mas o Alexandre [o mendigo] já tinha ido pro Rio Grande do Sul, lugar que eu sou louco pra conhecer e eu nunca sai do nordeste! Porra!
Acabou meu fogo, acabou meu cigarro, acabou meu dinheiro. A conversa mais interessante dos últimos tempos teria que ficar por ali. Havia decidido ir para o RS e para Cuba. Sempre quis também.
Andando até o ponto percebo um cara me olhando. Engraçadinho ele. Me olhou de novo. Me seguiu... Me olhou de novo, sorriu. Paramos. Conversamos e resumindo a história, tive o melhor sexo dos últimos tempos!
Na volta pra casa, ao passar pela torcida dos times campeões eu percebi. A vida é boa quando a gente quer que seja!

8 comments:

Fala, Garoto! said...

A vida é bela, nós que #@$%¨&! ela.
Vivamos o que há pra viver, sem medo de arriscar, errar ou, até mesmo, acertar!
Interessante a história do mendigo! Será que vale a pena ser um? Sem grana alguma ele rodou o Brasil, do que adianta trabalhar para termos lazer? :-/
Abs

Jarbas said...

é, a vida é boa mesmo.
tem que agradecer todos os dias só por estar vivo. [papo de evangélico]

morri de inveja, aqui nem tem mar!

ah, ao menos eu conheço o sul do brasil também.

beijos baby!

Jackson Jr. said...

queria saber simplificar as coisas assim. ainda sou cheio de rodeios. hehe.

NANDO DAMÁZIO said...

Cara, seu texto é uma viagem, huahaua ..
Em poucas linhas você descreveu uma saga incrível, foi ver o amigo que não tava em casa, resolveu dar uma volta, leva cantadas, conhece uma figura extraordinária e, no fim, acaba em sexo, hehehe ..

Sem mais comentários, adorei mesmo, não só este mas alguns outros textos que li aqui também !!
Abraço, até logo !!

méffews said...

seu texto ficou MARA>!
ehehehhe

adoreei merrrmo!!

abração!

Goiano said...

nosso post chic esta pronto
vamos virar uma companhia de midia e aconselhamento sentimental
kkkkkkk

Rafaew said...

que bonitinho!
eu acho que não sei me divertir, ou me curtir sozinho! rs

ach que sou meio amargurado!
e fez o melhor sexo com uma pessoa que nao conhecE? que absurdo
aheiuaha

enfim!
^^

Leandro Faria said...

Cara, caí aqui por um acaso e adorei seu blog.
Ri muito de uns posts seus.
Muito bom.
Ah, sou do Rio, mas já passei férias em Maceió, justamente na Ponta Verde.
Abraço

www.confissoesaesmo.wordpress.com